05/06/2016

Tem uma coisa muito chata que a gente tem que lidar chamada pessoas

Conhecer a coisa que se lida não torna mais fácil.
Eu sei colegas que todos tem um comportamento inesperado, e que esperam dos outros. Inclusive, esperam de mim.

O drama desse momento da vida é pessoas te pressionando para eu escolher o que fazer da vida, enquanto eu estou tentando decidir qual álbum escutar e jogar Stardoll ou The Sims? Mas é a sequência da vida da sociedade na qual nasci.

Tem aquelas horas que eu dou meu grito silencioso e eu sinto como se tivesse um peso enorme  de vazio, e isso tudo porque todos estão gritando ao redor faça e desfaça, e porque eu simplesmente não entendo tamanha pressa pra tudo isso. A gente vive cerca de 80 anos.

Mas o problema é que tá todo mundo gritando o tempo todo. Inclusive eu. E eu simplesmente odeio estar gritando. Gritando com os outros, gritando silenciosamente. Pra que a gente precisa gritar? Eu não quero gritar. Eu não quero que gritem comigo.
Prometo, a culpa não é minha. E eu não estou disposta.

Tá todo mundo gritando e eu nunca tô entendendo por que. Ninguém nunca me explica, e ninguém nunca diz o que tá acontecendo.
Então o que acontece é que eu estou perdidona na vida.

Aí eu decidi que vou ouvir o debut do Lumineers e jogar The Sims mesmo.
Obrigadão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente, não temos super poderes - uma pena - para acabar com você. Mas diga, e se o Skywalker usasse a Contracorrente e Percy um Sabre de Luz?