10/05/2016

home at last

Bem, as únicas coisas que nós sabemos é que essa vida acaba um dia e que enquanto não acaba a gente nunca vai ter a vida que quer.

De vez em quando eu resolvo ficar de bem com o mundo. Vejamos, tenho só quinze anos, mas tem um monte de coisa que me incomoda. Mas as vezes me incomodo muito. Mas tanto. Muito mesmo, sabe? E daí, sei lá. De repente tudo é lindo, tudo é possível, tudo é lindo e esperança. E depois desse fim de semana, dumas coisas tristes, do clima lindo, e de tudo mais, eu tô assim.

Na escola, eu achei que fosse desandar. Não tô no mesmo ritmo. Resolvi que agora sou eu e ah que seja. Mas como resultado, parece que as coisas deram certo. E é isso. Não só na escola, mas em tudo. É isso, é tão claro.

Ai, como isso é simples.

A melhor pessoa que eu posso ser é eu mesma. O pior que eu posso ser é ser a melhor pessoas que as pessoas querem que eu seja.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente, não temos super poderes - uma pena - para acabar com você. Mas diga, e se o Skywalker usasse a Contracorrente e Percy um Sabre de Luz?