02/11/2015

****

me deixei levar pelo vento
voei pelo tempo e tento
sempre ser tanto
que não mais canto
pra não ver a magia
que aflora com a alegria
e chorei por quem não precisava
pra quem, no fim, nada bastava
e fui sendo consumida
sempre em pequena mordida
até que toda a dor
se foi e se for
e vi o fim de tudo
e levei a fundo
e coloquei minha lama num tubo
e chorei aos cubos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente, não temos super poderes - uma pena - para acabar com você. Mas diga, e se o Skywalker usasse a Contracorrente e Percy um Sabre de Luz?