06/07/2015

***

A cidade está um caos
As luzes se apagam
Os que glorificaram hoje mortos
Os glorificados hoje em ruínas.

A cidade está um caos
E a queda dos muros não é liberdade
Um obstáculo a mais, siga em frente
Sim, a cidade está um caos.

A cidade cai em velocidade impressionante
E junto vão os que nela se apoiavam
E no fim resta o fogo
E no fim, no fim, só restam as cinzas.

A cidade, assim como todos, está um caos
E não há para onde fugir
Os sons são de sirenes e de goteiras
Os sons são os de destruição.

Em caos, no caos, pelo caos
A cidade anda sem olhar para os lados
Murados, esculhambados
A cidade jaz nos chãos sujos e molhados de chuva.

Indiferente, não há mesmo o que fazer
Segue em riso, segue seguindo
E finge não ver
Não, não há nada a fazer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente, não temos super poderes - uma pena - para acabar com você. Mas diga, e se o Skywalker usasse a Contracorrente e Percy um Sabre de Luz?