04/04/2014

Seus olhos negros como o céu pré-tempestade
me fitam com um ar melancólico e oculto.
Seus cabelos desgrenhados como as folhas caídas do outono,
despertam em mim inédita curiosidade.
Seus ombros levemente inclinado como frágeis galhos
transmitem seu cansaço incontrolável.
Seu monótono ar de simplicidade,
se iguala a um domingo triste e chuvoso.
Quero ser contaminada com sua segurança e estabilidade.
Estar perto de você me traz tranqüilidade e calma,
mas nossos passos marcados ainda não se encontraram.
Então enquanto viajo nos rios da minha imaginação,
aguardo a noite estrelada das nossas vidas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente, não temos super poderes - uma pena - para acabar com você. Mas diga, e se o Skywalker usasse a Contracorrente e Percy um Sabre de Luz?