24/03/2014

porque eu estou viva

Porque eu gosto da rotina
de acordar e saber o que irei fazer
e seguir de olhos fechados
e saber que no fim
tudo ficará, mais um vez
bem.

Porque eu gosto do desconhecido
de olhar para a janela e saber
que nada daquilo me pertence
e que com alguns passos eu posso me perder
e não saber voltar.
Gosto de sentir que há algo além
que para alguém
nada mais é do que um lar.

Porque a cada dia
a rotina muda
e eu corro o risco de não saber
aonde acordar

e o mundo vai girar

girar

girar

até ir embora

e eu não saber voltar.


Porque nada é certo
e um dai tudo isso acabará.
O fim do mundo não tarda,
mas também não tem previsão de chegar.


E o mundo vai girar

girar

girar

até ir embora

e eu não voltar.

3 comentários:

  1. PERA, NEM LI AINDA, MAS
    GENTE
    GENTE
    GENTE
    esse layout ♥

    ResponderExcluir
  2. amei o novo layout *-* o cabeçalho ficou muito bonitinho

    me identifiquei com esse poema, muito... também gosto do improvável, do desconhecido. às vezes dá um certo medo de arriscar, mas eu adoro quando consigo arriscar e experimentar o que eu desconheço.

    carpe diem ♥

    "Gosto de sentir que há algo além", perfeito!

    jajá a semana acaba, então bom final de semana pra vocês! um beijo

    www.petitemanie.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. obs: onde vocês encontram esses gifs legais?

    ResponderExcluir

Comente, não temos super poderes - uma pena - para acabar com você. Mas diga, e se o Skywalker usasse a Contracorrente e Percy um Sabre de Luz?