09/08/2013

Como alcançar a felicidade?

   Terminei de estudar filosofia agora, porque amanhã terei uma provinha haha. Então, eu estava lendo os pensamentos de grandes filósofos como Sócrates, Platão e Aristóteles, e percebi que as palavras "felicidade", "amizade" e "virtude" estão muito presentes nessa parte da apostila (no pensamento deles).
 
   Sócrates dizia que só faz o mal quem ignora o que é a virtude, ou seja uma pessoa boa é uma pessoa virtuosa. Dizia também que só quem é virtuoso e faz o bem é feliz. Platão dizia que só se deseja o que não tem , quem deseja felicidade ainda não a tem. Ele pensava que se um ser tem desejo, esse ser tem uma carência. Aristóteles dizia que para ser feliz, é preciso ter amizade. Segundo ele, existem três tipos de amizade: a útil que é quando uma pessoa gosta de alguém porque é útil em algo; a aprazível, que é quando se está com alguém porque essa pessoa é agradável; e a perfeita, que é quando as pessoas se gostam de verdade, desejam o bem para essa pessoa.
 
   Uauu!! Que introdução grande, hein, e olha que eu não escrevi praticamente nada do pensamento de cada um! Enfim, onde eu quero chegar é: você concorda com esses três homens que pensavam tanto? Eu concordo. Devemos ser virtuosos, devemos controlar nossos desejos, e ter amizades verdadeiras, amar seus amigos, desejar o bem a eles.

   Como ser feliz sabendo que você não tem amigos de verdade, que as pessoas que você convive não amam você, simplesmente estão perto de você ou porque você é útil à elas, ou elas a você? Como ser feliz  quando se tem um desejo, e quando o realiza, quer mais e mais, e nunca está satisfeito? Como ser feliz sabendo que você prejudicou muitas pessoas? Eu não sei, por isso concordo com esses caras.

   Eu me considero uma pessoa feliz. Claro que as vezes fico triste com algumas coisas (quase tudo haha), mas com o tempo passa. A minha família e meus amigos fazem eu esquecer as coisas tristes que acontecem não só comigo, mas com outras pessoas que estão a minha volta. Eu costumo sofrer por pessoas que nem conheço. Se algum amigo me diz que um parente está doente, eu fico muito triste, muito mesmo. Se um amigo meu está triste, eu fico triste. Mas a vida é isso, não é?!

   Ultimamente estou pensando em fazer medicina (minha pira com o vestibular só triplicou), é um curso muito mais concorrido. Mas eu não quero fazer pra ganhar dinheiro, isso é uma consequência. Quero fazer porque eu quero ajudar as pessoas, quero mudar a vida de alguém, tentar salvar uma vida, e não tem vestibular que vai me impedir de fazer isso! Se eu for mesmo fazer medicina, quero a especialização de oncologia, que trata o câncer. Depois que minha avó faleceu fiquei muito sensível com relação a isso. E percebi que nessa profissão posso fazer pessoas felizes, e principalmente, posso me fazer feliz.

  Não sei se já tiveram alguma experiência do tipo. Há dois anos, no Natal, eu, minha mãe, e minha irmã compramos doces e brinquedos, e depois levamos para um abrigo de crianças. Vocês não tem noção de como foi bom ver as crianças pegando os presentes, brincando, e eu me impressionei quando elas me ofereceram os doces. Tipo, elas não tem doces sempre, e quando tem, elas dividem com quem não tem. E percebi que aquele Natal seria o mais feliz que vivi até o momento. E quando recebo cartinhas das minhas amigas, ai gente, eu choro!

   Bom, vou parar por aqui, porque já ficou maior do que eu esperava, e porque tenho que ir correr (estou acabando com o meu sedentarismo). Pense, o que é a felicidade pra você? Como se alcança a felicidade? Nossa, como eu estou sentimental e pensativa ultimamente, nem pareço a velha Marina chatonilda. Então chega, ta bom de abobrinha por hoje!

Tchau pessoas!

Um comentário:

  1. Esse post me fez refletir sobre algumas coisas, ultimamente tenho procurado mais sempre estar buscando a felicidade por algumas coisas que aconteceram, esse post me muito fez bem, gostei :3 hehe

    ResponderExcluir

Comente, não temos super poderes - uma pena - para acabar com você. Mas diga, e se o Skywalker usasse a Contracorrente e Percy um Sabre de Luz?