16/06/2013

Deixe

Deixe a arma.
Deixe o ar.
Deixe o som.
Deixe a poesia. A melodia.
Deixe o dom.
Deixe o sentimento.
Deixe o corpo.
Deixe a alma.
Deixe o frio.
Deixe o molhado. Ressecado.
Deixe os pássaros.
Deixe as pessoas.
Deixe o crime.
Deixe o silêncio, e também o vão.
Deixe as provas, o corpo, e os cortes.
Deixe-se levar, deixe-se cair sobre a flores.
Deixe-a ir.

Um comentário:

  1. Um pouco de racionalidade pra me colocar de volta no chão. Achei lindo e tocante, tem um significado especial pra mim e está entre os meus posts preferidos do Vírgula.

    Ah, assistir o Teenager In Love de vocês salvou o meu dia. Obrigada pelos sorrisos!

    ResponderExcluir

Comente, não temos super poderes - uma pena - para acabar com você. Mas diga, e se o Skywalker usasse a Contracorrente e Percy um Sabre de Luz?