21/02/2013

O que realmente importa...

Ás vezes me pego pensando nisso, pensando no que realmente importa em nossas vidas. E conclui que não só eu, nem só você, mas todo mundo perde tempo dando importância para coisas insignificantes, como o pedacinho da unha que quebrou.

Não vou mentir dizendo que nunca fiquei irritada em ver meu esmalte saindo no dia em que pintei a unha, mas o que é um farelo de esmalte que saiu de uma mísera unha que é menor que uma formiga?Nada, não é nada, ou melhor, menos que nada. As meninas, os meninos também, mas principalmente as meninas, ficam encanadas com coisas fúteis, tipo, usei essa blusa semana passada, não posso usar hoje.

E por aí vai, mas outra coisa que concluí, foi que para mim, o que realmente importa na vida, é nada mais que a vida. E quando digo vida, não quero dizer o simples fato estar viva, não. Mas tudo o que compõe a vida: amigos, família, crença, religião, valores, caráter, amor, saúde.

A última vez que pensei nisso, foi ontem, dia vinte de fevereiro, o dia que fez dois meses que minha avó morreu, a única avó que conheci, a única, mas que vale por cem. Ela era incrível, mas agora está apenas em minhas lembranças, em meu coração, e pode ter certeza que estou chorando enquanto estou escrevendo!

Ela assumiu um compromisso que eu não teria coragem de assumir. Ela viveu em função da família, em função das outras pessoas. Fez muitas pessoas felizes, pessoas que agora, sofrem pela saudade que ela faz. A ficha ainda não caiu pra mim, penso que ela está apenas viajando, e que quando chegar na casa do vovô, ela vai estar lá no portão, me esperando, e na cozinha terá cucas quentinhas e bolachas maravilhosas esperando por mim.

Então eu acho que devemos viver para sermos felizes, mas principalmente, para fazer as pessoas que amamos felizes. Isso que vou falar agora pode até ser clichê, mas aproveite cada dia como se fosse o último, viva tudo o que conseguir hoje, diga tudo o quer dizer hoje, seja feliz hoje, e aproveite a vida ao lado das pessoas que você mais ama, pois uma dia, vocês não estarão mais juntos.

Um comentário:

  1. Fazer os outros felizes sempre está incluido nas vontades das pessoas boas, e acho isso tão bonito. Já nascemos tendo tudo a perder, e vamos vivendo anos e anos apenas para perder aos poucos. Fazer os outros felizes e deixar saudades, acho que isso significa que valeu a pena estar aqui.
    Não sei.

    ResponderExcluir

Comente, não temos super poderes - uma pena - para acabar com você. Mas diga, e se o Skywalker usasse a Contracorrente e Percy um Sabre de Luz?