30/09/2012

Esse é o ano...

Tumblr_m8ttnqrepk1rygrzpo1_500_large

Como todos sabem, esse ano é ano de eleições para prefeito nas cidades do Brasil, e como todos sabem, é preciso pensar antes de votar, para poder fazer a escolha certa. Eu poderia falar o que todos já estão cansados de ouvir, poderia dizer o que passa na TV o tempo todo, mas eu prefiro falar do modo com vejo a política em um todo, do modo como eu, uma menina de 15 anos, penso a respeito desse assunto tão polêmico.

Votar não é apenas ir a uma urna apertar alguns botões e pronto, é muito mais do que isso, pois dependendo dos botões que você vai apertar, você pode ajudar muitas pessoas, ajudar a sua cidade, a sua população, mas dependendo dos botões, você pode votar na pessoa errada, na pessoa que irá fazer pouco ou nada pelas pessoas.

Ok, não dá pra ver o futuro, não dá pra saber se a pessoa que você votou vai desviar verba pública, assim como não dá para saber se ele vai ajudar a maioria da população. E por isso é necessário que pesquise o passado dos candidatos, veja se ele não tem uma ficha suja, se ele é uma pessoa honesta, veja o que já fez pela população em um todo e, se já assumiu um cargo público, se foi bom ou ruim, converse com diferentes pessoas.

O prefeito tem como obrigação ajudar a cidade o máximo possível, e você que já vota, tem como obrigação fazer o máximo para escolher o melhor candidato.

Bom, é isso minha gente!
Nota da Ana:  Baratinha, Baratinha, você pode confiar... Povo iguaçuense, vote 13456! Chegou a nossa vez!

17/09/2012

Tudo tem um porque


A vida da maioria das pessoas é corrida, cheia de afazeres, compromissos, sentimentos, pensamentos, que as vezes, nem fazíamos ideia de que um dia iriamos pensar, também é cheia de opiniões, ações, que sabe, viram uma mistura, uma mistura bem misturada, que chamamos de vida.

A vida tem momentos bons, ruins, nós choramos, sorrimos, brincamos, brigamos, temos amigos, inimigos, amores, temores, e muitas coisas, que estou com preguiça de escrever, porque se eu for escrever tudo o que temos na vida, vou ficar aqui alguns dias, mas enfim. Em meio a tudo isso, eu paro pra pensar, que nada faz sentido, ou melhor, tudo faz sentido, porque se eu não tivesse mudado de escola, não teria conhecido amigos maravilhosos como conheci, não teria vivido momentos tão especiais como vivi, não teria sentido coisas tão inéditas como senti, mas talvez teria conhecido outras pessoas bacanas, teria vivido outros momentos especiais, teria sentido outros sentimentos inéditos, mas que lição eu levo de tudo isso?

Nenhuma, é isso mesmo, não levo nenhuma lição, pelo menos ainda não, mas espero um dia saber qual é, e eu até tenho aqui na minha cabeça cheia de bobeira uma ideia ou outra, como por exemplo, que tudo na vida tem um porque, tudo na vida tem um curso, um sentido.

No começo não curti a ideia de abandonar a Gi e a Aline, e outras amigas que tinha no antigo colégio, mas quando percebi que o Bruno, a Ju, a Ju, a Ju (são 3 Jus diferentes), a Rafa, o Luiz, o João, a Alexia e muuuitos amigos, que amo, tinham que passar pela minha vida, para me ensinar coisas novas, me ajudar, me consolar, me divertir, mas apesar de tudo, sinto muita falta das minhas amigas, mas sei que a verdadeira amizade não acaba com uma mudança de colégio, certo?!

Bom, pra terminar, eu ainda quero descobrir o porque de tudo isso, e eu vou descobrir e, enquanto não descubro, fico aqui escrevendo bobeiras, e coisas que eu gosto :).
Então tá gente, é isso.

16/09/2012

Amo árvores!

Oi galera linda do meu blog lindo, então gente, hoje vou falar sobre árvores, sim, árvores, como essa abaixo, ela é uma árvore muito bonita na minha opinião, ela deve ser aquele tipo de árvore que gosta de frio e de calor, porque ela  está em São miguel do Iguaçu, na frente da chácara do meu papis, e lá no verão é bem calor, e no inverno é bem frio, Clara e Duda estão de prova!

Mas gente, pare com isso, eu não vou falar das árvores em especial, mas sim da minha estranha mania de fotografar árvores que gosto ou não.

Visualize uma menina morena de cabelos curtos, cacheados e  bagunçados, uma camiseta larga e comprida, uma calça jeans, uma all star iate preto, e uma máquina digital tirando foto de uma árvore na frente do colégio, pois é, essa sou eu, e sério, fui zoada por uma amiga porque estava tirando foto, mas e daí, eu gosto acho bonito, tenho muitas fotos no meu pc, vou mostrar algumas, porque todas vai complicar minha vida!

Não gosto de tirar foto de cachorro, mas gosto de árvores, sei lá, elas são bonitas, limpam nosso ar, enfeitam tudo, deixam tudo mais fresquinho, e você não precisa catar os dejetos dela, porque eu acho que as árvores não fazem necessidades, se é que me intendem ,acho que quando crescer vou ter árvores de estimação,na verdade, eu meus primos maternos já temos uma árvore de estimação que fica na casa do meu tio, batizada com "Árvore Sagrada", porque ela é pequena, fraca, e até meus tios gordinhos sobem nela e ela não quebra, por isso é sagrada, e nós eramos crianças quando demos o nome, mas enfim, chega de falar bobagens e que tal dar uma olhadinha nas minhas fotos de árvores?!Sou estranha por fotografar árvores, admito, mas eu nem ligo, e poxa, escrevi muitas " árvores", que coisa não?!
essa foto de cima e a de baixo, são fotos da árvore sagrada!
e essas são algumas de minha fotos preciosas!
Beijos galera!

OBS.: eu vou postar apenas nos finais de semana, porque estou estudando por vestibular e ENEM, sabe como é né, então só de sábado ou domingo mesmo gente. Beijos!
Marina

03/09/2012

O preconceito ainda existe...


Oi gente, eu vou falar de uma coisa muito séria, que ainda existe em nosso mundo, nesse nosso mundo tão evoluído, tecnológico, e tudo o mais. O preconceito.

Sou  incapaz de acreditar e entender a nossa sociedade, ela alimenta o consumismo nas pessoas (não que eu não goste de consumir, e muito), fala de coisas sem importância e faz delas verdadeiras prioridades, mas de que adianta tudo isso, se as pessoas não se respeitam, se elas não se ajudam, não cooperam umas com as outras, e ao invés disso, discriminam uns os outros, por diversos motivos, religião, classe econômica, cor (pessoas não tem raças!), cultura, e diversas coisas.

Não podemos julgar nada sem conhecer, a palavra "preconceito" já diz o que significa, é um conceito adiantado, uma ideia de algo que não conhecemos. Não podemos levar em consideração coisas como a roupa que a pessoa veste, o jeito dela ser, o lugar onde mora, e sim o que a pessoa tem por dentro, o que a pessoa realmente é, sente, vive. Tente se colocar no lugar de pessoas que sofrem o preconceito, é muito ruim, e ninguém quer passar por isso, então por que fazer alguém passar?!

Beijos gente. Marina