10/08/2012

Os rotulados


Só porque uma menina é alegre e animada ela é "louca", só porque um menino tira notas boas ele é um "nerd", só porque uma menina faz sucesso com os garotos ela é "rodada", só porque um menino é bonito e fica com algumas meninas ele é "galinha", só porque uma menina fala o que pensa ela é "barraqueira". Viu só, todos tem rótulo, vivemos em uma sociedade rotulada, que dá mais importância para aparência das pessoas do que para seus sentimentos e  pensamentos.

Não vou dizer que nunca rotulei ninguém, que nunca chamei uma pessoa de "nerd", porque já chamei, todo mundo chama, todo mundo rotula os outros, o que é ruim, pois não somos produtos, objetos, coisas, somos pessoas, e se pessoas tivessem rótulos, teríamos código de barras na sola dos pés, não é verdade?! As vezes rotulamos os outros sem perceber, força do hábito, em uma conversa você fala e nem pensa, nem presta atenção.

Mas tem vezes que a primeira impressão é a que fica, mas antes de julgar, precisamos conhecer as pessoas, e mesmo depois de conhecer não é legal ficar falando dos outros, ninguém gosta que os outros falem de você, mas todo mundo fala dos outros. Cada um devia cuidar mais da sua vida, fazer para os outros somente o que permite que os outros façam para você, e se ficarmos cuidando das vidas dos outros, quem vai cuidar da nossa?! Pense antes de falar, pois você pode magoar muito uma pessoa, e ela deve ter seus motivos para ser como é.

É isso ai galera,
beijos.

4 comentários:

  1. Penso exatamente assim. Dois anos atrás eu rotulava todo mundo - e às vezes até a mim mesma -, e ainda bem que parei com isso. Agora meus colegas até implicam comigo porque eu sempre mando eles pararem de julgar os outros sem conhecer. É o que sempre falo "Todo mundo tem motivos pra ser quem é".

    ResponderExcluir
  2. Eu sei bem como isso magoa, praticamente todo dia alguém me rotula. Eu sempre me sinto excluída, entende? Todos ali felizes com seus namoradinhos, amiguinhas e amiguinhos conversando sobre tudo e todos. Eu tenho sim amigas, só que todas estão se dando bem enquanto eu continuo na mesma... e eu culpo tudo isso na minha aparência porque as pessoas me fizeram acreditar que sou uma nerd idiota, uma feia inútil. É claro que já rotulei pessoas de puta e tal mas eu já parei enquanto as pessoas continuam...
    Bj
    rascunho-errado.blogspot.com

    P.S: Desculpa o comentário enorme, hehe

    ResponderExcluir
  3. Ah, você não sabem o quanto me rotulam. Eu tenho a incrível mania de falar o que penso sobre tudo. Sem medo, sem mas. Meus "queridos" colegas de classe já me chamaram de: Satanista, ateia e até de budista. (eu acredito em Deus, e se não, a vida é minha caraca)
    Só porque eu expresso minha opinião e ela é sempre diferente da de todo mundo. Mas eu não ligo. E odeio rótulos, até que me chamem de rockeira. Eu gosto de rock, mas esses rótulos são hiper-chatos, eu sou só eu e pronto. Que se danem.
    Estrelas Sistemáticas

    ResponderExcluir
  4. Seria mentira se eu te falasse que nunca rotulei ninguém. Mas sempre tento tirar minha opinião de coisas e pessoas antes de ouvir os outros falar. Adorei o post.

    Beijos
    http://tudovirabapho.com

    ResponderExcluir

Comente, não temos super poderes - uma pena - para acabar com você. Mas diga, e se o Skywalker usasse a Contracorrente e Percy um Sabre de Luz?